terça-feira, 26 de julho de 2016

CONGRESSO UMAACVA NA IGREJA SEDE AVIVAMENTO BÍBLICO CAMPO DE VILA ARAPUÁ


Versículo do Dia

Versículo do Dia

Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.)

PÃO DIÁRIO - 26/07/2016 - Lugares pequenos

   
Lugares pequenos

Pois quem despreza o dia dos humildes começos… —Zacarias 4:10


Com frequência, encontro pessoas que servem naquilo que pensam ser, aparentemente, coisas pequenas em pequenos lugares. Frequentemente se desencorajam pela solidão, sentindo que seus atos de serviço são insignificantes. Quando as ouço falar, penso num dos anjos do livro Além do Planeta Silencioso, de C. S. Lewis. Ele disse: “O meu povo tem uma lei de nunca falar a você sobre tamanhos ou números. […] Isso faz você reverenciar irrelevâncias e deixar passar o que é realmente grande.”
Às vezes, a cultura diz que o maior é melhor — que o tamanho é a verdadeira medida do sucesso. Uma pessoa precisa ser forte para resistir a essa tendência, especialmente se estiver trabalhando num lugar pequeno. Mas não podemos “deixar passar o que é realmente grande”.
Não é que os números não sejam importantes (afinal, os apóstolos contavam seus convertidos; veja Atos 2:41). Os números representam pessoas vivas com necessidades eternas. Todos nós devemos trabalhar e orar para que muitas pessoas entrem no reino, mas os números não podem ser a base para a autoestima.
Deus não nos chama para encontrar a satisfação na quantidade de trabalho que fazemos por Ele, ou no número de pessoas que fazem parte desse trabalho, mas na fidelidade em fazer o nosso trabalho por causa dele. Servir o nosso grande Deus com a Sua força de um modo simples não é um trampolim para a grandeza — é a grandeza.
— david h. roper

Leia: Isaías 49:1-6

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 26-28;Atos 22

Considere: Qualquer pessoa que faça a obra de Deus da Sua maneira é importante aos Seus olhos.



Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial

As dimensões da paz

Resultado de imagem para As dimensões da paz


“Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti” (Is 26.3).

O homem é um ser em conflito: conflito com Deus, com o próximo e consigo mesmo. O homem é uma guerra civil ambulante. O pecado arruinou seu corpo, sua mente e sua alma. O mundo é um barril de pólvora porque o homem não está em paz. Ele precisa de paz. Mas, que paz?

Em primeiro lugar, paz com Deus. “Justificados, pois, mediante a fé temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo” (Rm 5.1). O pecado é o maior mal, pois nos priva do maior bem. O pecado faz separação entre o homem e Deus. O pecado separa o homem de Deus agora e para sempre. O homem não pode limpar-se de seus pecados. Nenhuma religião tem poder para perdoar pecados. Portanto, o Deus ofendido procurou o homem ofensor. Deus mesmo tomou a iniciativa de nos reconciliar consigo mesmo por meio de Cristo. O Filho de Deus veio ao mundo como nosso substituto. Deus lançou sobre ele a iniquidade de todos nós. Ele carregou sobre o seu corpo, no madeiro, os nossos pecados. Ele pagou a nossa dívida e morreu a nossa morte. Agora, os que estão em Cristo estão quites com as exigências da lei e com as demandas da justiça. Fomos justiçados. Estamos reconciliados. Não pesa mais sobre nós, que cremos em Cristo, nenhuma condenação. Temos paz com Deus!

Em segundo lugar, paz com o próximo. “Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Rm 12.18). Ao desfrutarmos da paz com Deus, precisamos ser agentes da paz com o próximo. Aqueles que foram reconciliados com Deus precisam se reconciliar com os seus irmãos. Em vez de cavarmos abismos de mágoa, devemos construir pontes de reconciliação. Em vez de criarmos divisões, devemos ser aliviadores de tensões. Em vez de jogarmos uma pessoa contra a outra, devemos ser pacificadores. Em vez de sermos o estopim dos conflitos, devemos trabalhar pela preservação da unidade e pela promoção da paz. Em vez de guardar ressentimento, devemos exercitar o perdão. Em vez de sermos os iniciadores de conflitos devemos ter paz com todos os homens.

Em terceiro lugar, paz com nós mesmos. “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (Fp 4.7). Aqueles que têm paz com Deus desfrutam da paz de Deus. Paz com Deus não é um sentimento, mas um relacionamento certo com Deus. Aqueles que foram reconciliados com Deus experimentam a paz de Deus. Essa paz interior, entretanto, não é apenas uma emoção, mas, sobretudo, uma pessoa. Nossa paz é Jesus. Aqueles que conhecem a Jesus, podem cantar nas noites mais escuras da alma. Aqueles que são salvos por Jesus e vivem em paz com os irmãos, experimentam uma paz que excede todo o entendimento. Essa paz não é simplesmente presença de coisas boas nem apenas ausência de coisas ruins. Essa paz é o governo de Cristo em nosso coração. Essa paz coexiste com a dor. Está presente nas tempestades da vida. Sustenta-nos nos vales mais escuros. Consola-nos na hora do choro mais amargo.

Você já tem paz com Deus? Seus pecados já foram perdoados? Você tem a alegria de ter seu nome escrito no livro da vida? Você está em paz com todos os homens? Há ainda alguma mágoa em seu coração? Hoje é o tempo oportuno para você fazer uma assepsia em sua alma e lancetar os abcessos do seu coração. Agora é a hora de perdoar e pedir perdão e ter paz com o seu próximo. Você está desfrutando da paz de Deus? Tem recebido o consolo do Altíssimo? Tem experimentado o conforto do Espírito no meio das lutas? É tempo de você tomar posse de todas as dimensões da paz: paz com Deus, paz com o próximo e paz com você mesmo!



Por Rev. Hernandes Dia Lopes

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Versículo do Dia

Versículo do Dia

Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.
 João 12:28-28

PÃO DIÁRIO - 25/07/2016 - Lorotas ou aventuras?

 
Lorotas ou aventuras?

Tu, porém, és sempre o mesmo, e os teus anos jamais terão fim. —Salmo 102:27


Meu avô amava contar histórias e eu amava ouvi-las. Vovô tinha dois tipos de contos. As “lorotas” eram histórias com um fundo de verdade, mas que mudavam em cada nova narração. As “aventuras” eram histórias que realmente tinham acontecido, e os fatos nunca mudavam quando recontados. Um dia, meu avô contou uma história que pareceu forçada demais para ser verdade. “Lorota”, declarei, mas meu avô insistiu que era verdadeira. Apesar de sua narração nunca variar, simplesmente não conseguia acreditar nela, pois era incomum demais.
Então, um dia, enquanto ouvia um programa de rádio, ouvi o locutor contar uma história que confirmou a veracidade do conto de meu avô. De repente, a “lorota” de meu avô se tornou numa “aventura”. Foi um momento comovente para mim e aquela lembrança fez meu avô ser mais merecedor de minha confiança.
Quando o salmista escreveu sobre a natureza imutável de Deus (102:27), ele estava nos oferecendo o mesmo conforto — a confiabilidade de Deus — para nós. A mesma ideia se repete no livro de Hebreus 13:8 com estas palavras: “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre.” Isso pode elevar o nosso coração acima das nossas provações diárias para nos lembrar de que um Deus confiável e imutável governa até mesmo o caos de um mundo em mudança.
— Randy Kilgore

Leia: Salmo 102:18-28

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 23-25;Atos 21:18-40

Considere: Permita a imutabilidade de Deus invadir o seu coração com a Sua paz em suas tempestades.



Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial

OUÇA OS MEMBROS DO CORPO

Resultado de imagem para louvai ao senhor


E aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem a majestade santa, saindo diante dos armados e dizendo: Louvai o SENHOR, porque a sua benignidade dura para sempre.   2 Crônicas 20.21
  

Ninguém pode se considerar privilegiado, ainda que o Senhor o esteja usando de modo especial. O Todo-Poderoso nos coloca no Corpo de Cristo como quer. Porém, ninguém deveria perder as oportunidades que o cercam por fazer parte da família de Deus, pois grande é a graça sobre a sua vida. Ao se deixar conduzir pelo Espírito, você se torna parceiro dEle na redenção da humanidade. 

Ao se aconselhar com o povo, Josafá pôde entender o que todos sentiam de Deus. Isso faz uma diferença tremenda, pois, como Ele fala com todos segundo a fé, provavelmente muitos terão grandes revelações para nos dar. Jamais subestime um irmão em Cristo. O Consolador o considera peça importante na obra e lhe dá revelações úteis.

Não havia dúvida: o Altíssimo já estava à frente deles para lhes mostrar a Sua glória e levá-los à vitória. Da mesma forma, Ele opera no meio do Seu povo hoje. Impossível descrer do que Ele diz ou se deixar levar pelas mentiras do inimigo. O poderio do adversário para enfraquecê-lo é falso. Jamais se importe com o que ele diz. Ouça a voz do Altíssimo. 

Eles entenderam que tinham de partir para a batalha louvando o Todo-Poderoso, o qual havia garantido que a peleja era dEle. Sempre busque o Senhor até sentir que a sua luta está nas mãos dEle; então, louve a Deus. Josafá ordenou que os cantores fossem adiante dos armados, porque, desse modo, louvando o Onipotente, eles O teriam com eles. Em vez de se encher de medo do Inferno, louve até se encher de fé e poder.

O maior e mais perfeito escudo estava diante dos que empunhavam armas; afinal, ao louvar a Deus, eles O tinham como Aliado. Faça isso também; cante louvores ao Senhor, que o façam entender o poder da fé. Você só cai se deixar o diabo encher o seu coração com mentiras. Tudo o que você ouve de Deus é seu!

O louvor dos servos do Altíssimo tinha como base a declaração que a benignidade (a esperança bondosa e eterna do Onipotente) lhes dava. Preste atenção no amor dEle por você ao ouvir a pregação da Palavra. Isso vai levantá-lo e prepará-lo para viver nas alturas (Hc 3.19). Não deixe o inimigo assaltá-lo nem prejudicá-lo. Em Cristo, todo filho de Deus é mais do que vitorioso, por isso andará em retidão.

A virada que o Senhor deu em favor do reino de Judá ocorreu porque Josafá entendeu o toque divino e se voltou para buscar a Força de Israel. Deus pode fazer o mesmo por você, pela sua família e por tantos que buscarem a Sua face.

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

domingo, 24 de julho de 2016

Versículo do Dia

Versículo do Dia

Ó Senhor, quem é como tu entre os deuses? Quem é como tu glorificado em santidade, admirável em louvores, realizando maravilhas? 
Êxodo 15:11-11

PÃO DIÁRIO - 24/07/2016 - Pontes vivas

Pontes vivas

Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor. —Jeremias 17:7


As pessoas que vivem na cidade de Cherrapunji, na Índia, desenvolveram uma forma singular de atravessar os muitos rios e córregos em suas terras. Elas fazem crescer pontes a partir das raízes de seringueiras. Estas “pontes vivas” levam entre 10 e 15 anos para amadurecer, mas uma vez crescidas, tornam-se extremamente estáveis e duram centenas de anos.
A Bíblia compara a pessoa que confia em Deus a uma “…árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro…” (Jeremias 17:8). Por suas raízes serem bem nutridas, esta árvore sobrevive a temperaturas elevadas. E, durante a seca, continua a produzir frutos.
Como uma árvore firmemente enraizada, as pessoas que confiam em Deus sentem a estabilidade e a vitalidade, apesar das piores circunstâncias. Em contrapartida, as pessoas que colocam sua confiança em outros seres humanos, vivem frequentemente com a sensação de instabilidade. A Bíblia as compara a arbustos do deserto, que frequentemente são mal nutridos e solitários (v.6). É o mesmo que acontece com a vida espiritual das pessoas que abandonam a Deus.
Onde estão as nossas raízes? Estamos enraizados em Jesus? (Colossenses 2:7). Somos uma ponte que leva outros a Ele? Se conhecemos Cristo, podemos testemunhar esta verdade: Bem-aventurados são aqueles que confiam no Senhor (Jeremias 17:7).
— Jennifer Benson Schuldt

Leia: Jeremias 17:5-10 

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 20-22;Atos 21:1-17

Considere: Nem mesmo as fortes provações conseguem derrubar quem está enraizado em Deus.



Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial



A PARTIDA DOS QUE CREEM

Resultado de imagem para crede nos seus profetas e prosperareis.


E, pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, saindo eles, pôs-se em pé Josafá e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.  2 Crônicas 20.20
  

Eles não precisavam esperar mais, pois já haviam recebido do Senhor a direção. Por isso, pela manhã, estavam de pé para enfrentar o inimigo. Quando ouvimos a voz de Deus pela leitura da Palavra, temos a confirmação de que Ele está à nossa frente; só precisamos ir aonde Ele nos ordenou. Ao cumprirmos o nosso dever, veremos que o Pai fará o que nos prometeu.

O rei Josafá se levantou e disse aos seus soldados como deveriam proceder, porque Deus não os desampararia. Essa deve ser a maneira de agir de todo chefe de família ou líder de uma igreja. Tendo entendido a mensagem divina, demorar significa ter medo do Senhor ou desrespeito por Ele. Quem crê avança, ergue o punho e faz a obra do jeito como sentiu que deveria proceder pela Palavra. A vitória é certa para quem não duvida!

Judá e os moradores de Jerusalém deveriam prestar atenção nas instruções, para não contradizerem o Altíssimo. Se cressem, estariam protegidos. Essa é a máxima que nos dará segurança sempre, pois não há como Deus nos ordenar a cumprir Seu plano de modo errado. Nas orientações dos Céus, não há vacilação nem engano. O Senhor é nota dez em tudo!

Se cressem em seus profetas, aqueles habitantes prosperariam. A mesma ordem nos é dada hoje. Mesmo que alguns mensageiros de Deus tenham escrito o recado dos Céus há mais de três mil anos, ele é extremamente atual. As palavras dadas pelo Senhor são espírito e vida, e não somente veículo de comunicação como as nossas. Portanto, jamais se envergonhe ou deixe de fazer o que o Pai disse, pois Ele é fiel cumpridor de Suas promessas.

Josafá sabia que o Onipotente os usaria para derrotar os rebeldes. O Altíssimo tinha preparado um espetáculo da Sua habilidade. Assim, a operação que viria era algo inédito. Sem dúvida, em cada uma das nossas batalhas, o Todo-Poderoso descortina um pouco o Seu poder para termos vitória e sabermos que Ele nunca nos confundirá.

Judá estava totalmente segura. Crendo em Deus, a proteção dEle não lhe faltaria. O segredo era ver o Senhor desenrolar o seu propósito, o qual deixaria boquiabertos os oponentes. Na Sua operação, não haveria a mínima possibilidade de sobrar algum dos que se insurgiram contra eles para uma próxima batalha. Na sua estupidez espiritual, os amonitas, moabitas e os da montanha de Seir nem imaginavam que cavavam a própria sepultura naquele dia.

Quem atenta para a direção de Deus e a segue jamais se atrapalha com as habilidades do inimigo. Diante do poderio do Altíssimo, aquilo que os adversários sabem fazer não é nada, a não ser combater contra si mesmos. Os salvos nunca serão envergonhados, mas os ímpios sim.

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sábado, 23 de julho de 2016

Versículo do Dia


Versículo do Dia

E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.
 Efésios 5:2-2

PÃO DIÁRIO - 23/07/2016 - Com boa aparência!

   
Com boa aparência!

Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. —Hebreus 10:24


Certo dia, após experimentar meus novos óculos de sol no carro, minha filha os entregou de volta e disse: “Estes não são óculos de sol, mamãe. São apenas lentes da moda. Deixe-me adivinhar”, provocou ela, “você os comprou porque fica bonitinha com eles”.
É isso mesmo, preciso admitir — minha filha me conhece. Não tinha sequer pensado em raios UV ou, até mesmo, se aqueles óculos realmente bloqueariam o sol. Simplesmente tinha gostado do meu visual com eles.
A maioria de nós gosta de ter boa aparência. Queremos parecer “estar com tudo em cima” — sem lutas, medos, tentações ou tristezas.
Tentar manter uma fachada de perfeição em nossa jornada espiritual não ajuda nem a nós, nem aos nossos companheiros de viagem. Mas compartilhar a nossa vida com outras pessoas do corpo de Cristo nos beneficia a nós e aos outros. Quando somos um pouco mais transparentes, podemos encontrar pessoas que estão enfrentando situação semelhante. E, quando desfrutamos de uma comunhão cada vez maior com Deus e nos tornamos mais conscientes de nossa própria fragilidade e inadequação, Deus pode nos usar mais plenamente para ajudar aos outros.
Permitamos que Deus nos prive de qualquer pretensão e “Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras” (Hebreus 10:24).
— Cindy Hess Kasper

Leia: Hebreus 10:19-25 

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 18-19;Atos 20:17-38

Considere : Os cristãos são fortes quando não estão sozinhos.



Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial

LOUVOR COM VOZ MUITO ALTA


Resultado de imagem para LOUVOR COM VOZ MUITO ALTA

 E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos filhos dos coraítas, para louvarem o SENHOR, Deus de Israel, com voz muito alta.  2 Crônicas 20.19
  

Tão logo viram Jaaziel dar o recado divino e Josafá se prostrar com o rosto em terra, adorando o Senhor pelo plano que lhes fora revelado, duas famílias de servos de Deus, da tribo de Levi, passaram a louvar o Altíssimo. Não devemos demorar a demonstrar o nosso apreço por todas as decisões do Pai, as quais demonstram a bondade dEle, pois, sem dúvida, elas se transformam em bênçãos.

A atitude dos filhos dos coatitas e dos coraítas mostra que eles criam plenamente na mensagem do Senhor e, por isso, antecipadamente, podiam aceitar a obra como feita. Sempre que Deus avisar que fará algo, considere-o realizado. Assim que nos diz alguma coisa, Ele entra na batalha para cumprir Sua promessa. O sucesso na fé é garantido!

É interessante notar que não houve sequer uma pessoa em todo o povo de Judá que duvidasse das palavras transmitidas por Jaaziel. Então, confiante, ergueu a voz e louvou o Senhor com voz muito alta. Não há como o cristão deixar de louvá-Lo com todas as suas forças ao entender o propósito divino. Ainda que a obra pareça impossível, os que confiam em Deus nunca serão envergonhados nem se decepcionarão. Aleluia!

Quem louvar com medo jamais levantará a voz em grande volume, pois, em seu pensamento, ocorre uma verdadeira confusão. Para ele, é melhor não se comprometer, pois teme que o plano não dê certo – se isso ocorrer, ficará como exemplo de quem confiou e foi enganado. No entanto, como alguém pode pensar que o Onipotente e Onisciente Deus não sabe realizar o que promete? Ora, Ele não é homem para que minta ou Se engane (Nm 23.19).

Ninguém se equivoca quando crê nas palavras do Senhor, mas, se não acreditar nEle, por certo, não verá a bênção concretizada. Temos de andar pela fé, e não por vista (2 Co 5.7). Saiba que Ele nunca falaria algo aleatoriamente. Aquilo que o Pai declarar ocorrerá; portanto, depositar a confiança nEle é a forma mais acertada de ser bem-sucedido.

Quem confia em Deus deve se expressar com todo o seu coração e, em certos casos, louvá-Lo com voz bem alta. A pessoa que tem fé já vê a obra realizada muito antes de ela começar, pois, quando o Senhor fala, não há a menor hipótese de ocorrer fracasso. Com Deus na condução dos acontecimentos, jamais amargaremos prejuízos, mas andaremos de vitória em vitória, pois Ele irá conosco.

Não é bom duvidar do Altíssimo e do Seu poder. Embora algo pareça impossível de se realizar, o que Ele disser se cumprirá. Fique do lado vencedor, o de Deus, tendo em vista que a chance de o diabo vencer alguma batalha contra o Senhor é zero. Se você sentir que poderá ser derrotado, mesmo confiando no Senhor, repreenda esse sentimento.

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Versículo do Dia

Versículo do Dia

Pois nunca deixará de haver pobre na terra; pelo que te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra. 
Deuteronômio 15:11-11

PÃO DIÁRIO - 22/07/2016 - Sentindo-se preso?

Sentindo-se preso?

…aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. —Filipenses 4:11


Boécio viveu na Itália do século seis e serviu à corte real como político altamente qualificado. Infelizmente, caiu em desgraça com o rei. Ele foi acusado de traição e preso. Enquanto aguardava a execução, pediu materiais para escrever, para poder compor suas reflexões. Mais tarde, estas se tornaram um clássico espiritual sobre a consolação.
Quando Boécio estava na prisão, ponderando sobre suas perspectivas sombrias, sua fé em Cristo inspirou-o: “Nada é miserável, exceto o que se pensa ser assim; e por outro lado, toda classe social é feliz se quem nela estiver, se contentar.” Ele compreendeu que é uma escolha pessoal a maneira como vemos as circunstâncias e o contentamento.
O apóstolo Paulo reforçou a ideia de que a maneira como vemos as nossas circunstâncias é mais importante do que as próprias circunstâncias. Enquanto ele estava na prisão, também escreveu: “…aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Filipenses 4:11). Esses dois homens conseguiam se contentar porque a sua satisfação final encontrava-se em Deus, que nunca muda.
Você está preso a circunstâncias difíceis? Deus pode lhe dar contentamento. A satisfação duradoura só pode ser encontrada nele, porque em Sua “…presença há plenitude de alegria, [em sua] destra, delícias perpetuamente” (Salmo 16:11).
— Dennis Fisher

Leia: Salmo 16:1-11

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 16-17;Atos 20:1-16

Considere: Quando tudo o que você tem é Deus, você tem todo o necessário.




Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial

INSTRUÇÕES RECEBIDAS

Resultado de imagem para INSTRUÇÕES do SENHOR, foram recebidas


Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o SENHOR, adorando o SENHOR.    2 Crônicas 20.18
  

Há duas maneiras de ouvir o Altíssimo, mas você só deve aceitar o modo da fé. Se a Palavra veio de Deus, toda a atenção precisa ser dada a ela. Quem ouve com desconfiança, provavelmente, não conseguirá nada. Embora ore corretamente, a falta de fé impedirá a operação do poder divino. Por mais difícil que a situação pareça, ao dar ouvidos ao Senhor, ore com fé e creia que a bênção revelada já lhe foi entregue.

Quando Deus mandou Moisés voltar ao Egito, Ele sabia o que faria na terra de Faraó, que servia aos demônios e os reverenciava como deuses. Por ter sido arrogante perante a potente mão divina, o soberano egípcio viu as mais maravilhosas operações de Deus acontecerem na sua terra; no entanto, mesmo assim, não se curvou diante do Todo-Poderoso e, por isso, colheu desespero e dor, quando poderia ter sido bem diferente.

O Altíssimo não tiraria Seu povo do cativeiro às escondidas, mas por meio de grandes batalhas, para todos saberem que aquilo era obra dEle. Saiba que o Senhor opera da mesma forma em nossos dias; então, se você orou, mas nada aconteceu, não diga que Ele não quer abençoá-lo. Verifique se a sua atitude está correta e continue orando até vir a solução pelo poder de Deus. A fé no Senhor jamais falhará.

Tenha em mente que o Pai celeste faz tudo às claras, para que o inimigo não atrapalhe. Quando o Senhor age, o diabo não pode impedi-Lo. Portanto, em qualquer situação, creia no que Altíssimo lhe tem dito, porque é impossível que Deus minta ou se arrependa da decisão de abençoá-lo (Nm 23.19). Os servos de Deus jamais se arrependerão de ter confiado em Quem sempre honra a fé depositada nEle.

Ao se prostrar com o rosto em terra, Josafá estava na mais linda e perfeita adoração. Com isso, se, em algum coração, houvesse alguma dúvida da sua comunhão com o Altíssimo, ela seria desfeita. O Senhor é Deus, e como tal deve ser adorado. Seja exemplo para as pessoas, que, mesmo tendo corações duros, se derreterão diante da presença divina ao verem a intrepidez da sua fé. Por outro lado, o mau testemunho pode levar muitos à derrota.

Ao verem o seu rei prostrado, adorando a Deus, todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram e, como o coração deles era um só diante do Senhor, era certo de que o Poderoso entrara naquela guerra, e a vitória era certa. Faça o que estiver ao seu alcance para seus familiares conseguirem uma fé firme no Senhor, pois isso, além de ser de grande ajuda, também servirá de modelo para quem ainda é imaturo na fé.

Josafá entendeu o recado e concordou com o que lhe foi dito. Com isso, recebeu novas instruções, e o povo se preparou para o dia seguinte. Na hora da batalha, todos viram como o rei de Judá cria em Deus e, como se fossem uma só pessoa, aceitaram aquelas diretrizes. Assim, presenciaram o grande livramento que lhes fora dado. O Onipotente ainda age de igual modo. 

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Versículo do Dia

Versículo do Dia

E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos. 
Daniel 2:21-21

PÃO DIÁRIO - 21/07/2016 - Verdadeira lealdade

Verdadeira lealdade

Se tenho de gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz respeito à minha fraqueza. —2 Coríntios 11:30


Segundo uma estimativa, mais de 14 trilhões de milhas de passageiros frequentes foram acumuladas por pessoas em todo o mundo. Tudo começou no início da década de 1980, quando as companhias aéreas começaram os primeiros programas de milhagem para incentivar os passageiros frequentes a lhes dar preferência em viagens de negócios, premiando-os pela fidelidade. As milhas acumuladas podiam ser trocadas por viagens, bens e serviços gratuitos; por isso, não demorou muito para as pessoas começarem a planejar suas viagens com base tanto na recompensa pessoal quanto no preço ou horário.
O apóstolo Paulo era um ávido viajante do primeiro século, mas não pelas “milhas de fidelidade”. O objetivo dele era alcançar quantos conseguisse com as boas notícias do perdão e da vida eterna por meio da fé em Jesus. Quando alguns da cidade de Corinto questionaram a sua autoridade, ele escreveu uma carta descrevendo o preço que pagara para levar o evangelho aos outros: “…fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar” (2 Coríntios 11:25). Deus deu a Paulo a graça e a resistência necessária para arriscar sua vida para contar às pessoas sobre Jesus sem pensar em recompensa pessoal.
Quer recebamos perseguição ou elogio por nosso serviço ao Senhor, que o nosso objetivo seja sempre a fidelidade a Ele e a gratidão por Seu sacrifício de amor.
— david c. mccasland

Leia: 2 Coríntios 11:23-31

Examine: A Bíblia em um ano: Salmos 13-15;Atos 19:21-41

Considere: A nossa lealdade a Jesus nasce do Seu amor por nós.



Ministério Pão Diário - Nosso site é: http://paodiario.org/
e nossa página no Facebook: Facebook.com/paodiariooficial

INSTRUÇÕES COMPLETAS

Resultado de imagem para INSTRUÇÕES do SENHOR, nao temais


Nesta peleja, não tereis de pelejar; parai, estai em pé e vede a salvação do SENHOR para convosco, ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR será convosco.2 Crônicas 20.17
  

A primeira instrução dada por Jaaziel aos israelitas era que fossem contra o inimigo que se havia organizado contra eles. Não podiam hesitar nem se esconder. A localização foi descrita em detalhes, para que não ficassem confusos. Aquela batalha já estava ganha, desde que não fizessem como os homens fazem na guerra, e sim como Deus os estava orientando.

O Senhor não prometeu mandar um vento forte que arrastaria o adversário para algum lugar, tampouco enviaria anjos empunhando a espada para ferir quem se lançasse contra os Seus servos. Ele havia dito que os judeus encontrariam seus opositores no fim do vale que dá para o deserto de Jeruel (v. 16). Sem dúvida, o povo de Deus precisa viver mais perto dEle, porque, tal como Ele orientou os israelitas naquela batalha, também receberá a melhor direção para se livrar de seus opressores.

O povo de Judá iria preparado a esse encontro. Por certo, o Senhor não o colocaria em dificuldades, mas o faria presenciar a Sua intervenção. Além disso, mostraria aos outros povos que, quando há um rei que O respeita, qualquer um que se levantar contra os Seus ficará completamente envergonhado e confundido. Embora os oponentes estivessem armados com todo o poderio que conseguiram juntar, não eram páreos para Deus.

Agora, vem o melhor: naquela peleja, eles não teriam de pelejar! O Varão de guerra, o Comandante dos exércitos celestiais, garantiu que o Seu povo não precisaria sujar as mãos. Embora os inimigos fossem muitos, Deus Se encarregaria de lhes mostrar que o Seu povo não estava desamparado e, por isso, agiria diferente das demais nações, porque, afinal, servia ao Todo-Poderoso. Quem confia no Senhor sempre vence, vence e vence. O que você diz?

Ao chegar perto do local indicado, o povo deveria parar. Não podia retroceder nem se apressar, mas ficar frente a frente com o adversário. Até que ponto o Senhor quer que a nossa fé permaneça de pé para vermos a Sua salvação? Ele nos dirá. O que Deus prepara será melhor do que aquilo que pensamos. No entanto, lembre-se de que é preciso andar por fé, e não por vista (2 Co 5.7). Os corajosos têm de se submeter ao comando do Altíssimo.

Deus exclamou por intermédio de Jaaziel: Ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis. Quem confia deve crer e não pode se deixar levar pelo pânico nem por nenhuma das táticas do homem. A Judá bastava obedecer às ordens divinas; assim, enfrentaria e venceria a luta. A única diferença é que não precisaria empunhar as armas do homem, e sim deixar o Senhor agir. Jamais fique ansioso, pois o método de Deus é revelado a cada batalha.

Josafá e seu povo não deveriam temer nem ficar acuados, porque o Todo-Poderoso seria com eles. Não fique com medo, pois, ainda que o plano divino soe como loucura, o eterno Deus há de confirmar a Sua Palavra quando você crer e obedecer. Amém?

Em Cristo, com amor,



R. R. Soares